The Network of Global Corporate Control (S. Vitali, J. Glattfelder e S. Battistoni) 

22 de novembro de 2011 at 9:20 Deixe um comentário

Por S Vitali, J. Glattfelder e S. Battistoni, novembro de 2011

Um estudo de grande importância, mostra pela primeira vez de forma tão abrangente como se estrutura o poder global das empresas transnacionais. Frente à crise mundial, este trabalho constitui uma grande ajuda, pois mostra a densidade das participações cruzadas entre as empresas, que permite que um núcleo muito pequeno (737 empresas, e um núcleo central de 147) exerça imenso controle articulado. Por outro lado, os interesses estão tão entrelaçados que os desequilíbrios se propagam instantaneamente, representando risco sistêmico. Fica assim claro como se propagou (efeito dominó) a crise financeira, já que a maioria destas megaempresas está na área da intermediação financeira.

» Acesse o artigo na íntegra


A visão do poder político das ETN (Empresas TransNacionais) adquire também pela primeira vez uma base muito sólida. Constata-se que com a rede de interesses e participações cruzadas o mercado passa a desempenhar um papel limitado. São interesses articulados de grupos onde todos se conhecem. O artigo completo apresenta na página 33 o peso do setor financeiro nas 50 principais empresas. O poder é real, político, articulado, e dispensa mecanismos de mercado.

A confiabilidade é altíssima. Trata-se de ampla pesquisa do ETH da Suiça, (Swiss Federal Institute of Technology), considerado o segundo centro de pesquisa tecnológica em importância mundial, depois do MIT.
É uma instituição que conta com 31 prêmios Nobel (entre os quais Albert Einstein). O artigo tem 9 páginas, e 27 de anexos metodológicos. Está disponível online gratuitamente em inglês, no sistema arxiv.org. Um excelente pequeno resumo das principais implicações pode ser encontrado no New Scientist de 22/10/2011.

» Clique aqui para ler o artigo na íntegra

» Clique aqui para acessar a resenha do New Scientist traduzida para o português no site Inovação Tecnológica

» Clique aqui para acessar a resenha do New Scientist em inglês

Entry filed under: COORDENAÇÃO CRISES E OPORTUNIDADES. Tags: .

Crescimento econômico e desigualdade – as novidades pós Consenso de Washington (Carlos Lopes)  A Rede do poder corporativo mundial (Ladislau Dowbor) 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Comissão convocadora

Amir Khair, Antonio Martins, Caio Magri, Caio Silveira, Carlos Lopes, Carlos Tibúrcio, Darlene Testa, Eduardo Suplicy, Ignacy Sachs, Juarez de Paula, Ladislau Dowbor, Luiz Gonzaga Beluzzo, Moacir Gadotti, Márcio Pochmann, Paul Singer, Roberto Smith.

Feeds


 
Logo BNB
 
Logo IPEA
 
Logo IPF
 

 

 

As postagens deste blog estão abertas para seus comentários.
Para comentar os artigos, use o link "add comment" no rodapé de cada texto.

 
 
 

Se desejar mais informações sobre Crise e Oportunidade entre em contato conosco através do e-mail criseoportunidade@utopia.org.br

 
 

 
 
O objetivo geral de Crise e Oportunidade é de identificar na crise global as oportunidades de se colocar em discussão temas mais amplos, buscando a organização da intermediação financeira e dos fluxos de financiamento para que respondam de maneira equilibrada às necessidades econômicas, mas que sobretudo permitam enfrentar os grandes desafios da desigualdade e da sustentabilidade ambiental, nos planos nacional, regional e global.

 
 
 
 
Ajude a divulgar esta iniciativa colocando este botão em seu site ou blog (<b>https://criseoportunidade.wordpress.com</b>)

Ajude a divulgar este espaço de debate colocando este botão em seu site ou no seu blog.

 
 
 
 
 
 
Licença Creative CommonsEste blog está licenciado sob uma Licença Creative Commons 2.5 BR

%d blogueiros gostam disto: